<$BlogRSDUrl$>

quarta-feira, dezembro 31, 2003

Haiku passageiro

O seu
Bilhete
Por favor


terça-feira, dezembro 30, 2003

Enviado pela nossa boa cliente Ana Margarida:

Haiku Sérgio G

pois
soube-me
a pouco.


Oh! Haiku de pouca fé

Vou ver
Os números do
Totoloto


Haiku Teixeira

O tribunal
Fez acusação
Monumental


segunda-feira, dezembro 29, 2003

Haiku de Pedra e Cal

Cá na rua
Há uma parede
Toda branca


Haiku escrito a gatafunhos

Um gatafunho
Esgatafunhou no
Fundo


este Natal:
mousse hoje,
vómito amanhã.


O estômago fraco
corrompe-se
com delícias.


terça-feira, dezembro 23, 2003

de pijama
volto para
a cama


Haiku atrasado

que
horas
tem?


és má! diz
zangado à mamã
o petiz.


haverá esperança
para um velho
embriagado?


se apenas
soubesse adjectivar
a minha dor...


cheira a rosas
esta noite
de alecrim


longe:
um passo mais
que não posso dar.


para sempre
cantem os ventos
nas alturas


se não fosse
a internet, que
seria disto tudo?


Há uma voz
que ecoa na lua:
«socorro!»


Beijos roubados
por um minuto
de seda


No escuro,
amantes
amam-se.


Haiku Cinematográfico

Luzes
Câmara
Acção!


Tristezas
não se medem
às lágrimas


Hoje deu-me
para abraçar
a tormenta


Véspera de Natal:
crianças sorriem
ingénuas...


Cheira mal
este frenesim
de Natal


Levanta vôo
e cumprimenta
as pessoas


Pôrra, que
se me descola
a dentadura!


No Natal
nem a crise
vai de férias


Haiku perdido

Onde
está o
Wally?


quinta-feira, dezembro 18, 2003

Fulgor
nem sempre
dá folga


Haiku ?

Isto
Não é
Um haiku


sexta-feira, dezembro 12, 2003

Haiku da Lota

Filho de peixe
também é
filho de peixa


domingo, dezembro 07, 2003

Haiku Thomaz

É a primeira vez
que aqui venho
desde a última que cá estive


sábado, dezembro 06, 2003

Haiku Mortal

Antonieta
Não percas
A cabeça



Haiku Gajeiro

Lá em cima
Há cornetas
Sem fim



Haiku da Salina

Depois da
Crosta
Vem o sal


quinta-feira, dezembro 04, 2003

Haikanção Pedófila

Eu sou o Avô Cantigas,
toco balalaika
nas vossas barrigas.


(baseado numa conhecida canção infantil)

terça-feira, dezembro 02, 2003

Nocturno

Um Galarza
Vai-se agora
A deitar


Haiku Rodento-espiolhento

Mata Hari
mata ratos
com o salto dos sapatos


segunda-feira, dezembro 01, 2003

Haiku de Descanso

Nesta casa
Trabalha-se pouco
Ao fim-de-semana



This page is powered by Blogger. Isn't yours?